sábado, 27 de outubro de 2007

Eu fui...

Em 1970, Andrew Lloyd Weber e Tim Rice criaram o primeiro verdadeiro musical rock.
Jesus Cristo Superstar baseia-se na vida de Jesus Cristo através dos olhos de Judas. Tecnicamente era uma ópera rock: todos os diálogos são canções.
Quando foi produzido pela primeira vez ainda não era uma peça. Jesus Cristo Superstar era um álbum, que depressa alcançou os maiores tops de venda. O álbum surgiu porque Webber e Rice não arranjaram financiamento para o levar para o palco. Mas, devido ao seu sucesso, rapidamente tal aconteceu. Em 1973, Jesus Cristo Superstar passou para as tela do cinema pela mão de Norwan Jewison, transformando-se num enorme êxito que apaixonou corações.
Relevante e intemporal, Jesus Cristo Superstar é o musical inspirado na maior história de todos os tempos e, nos nossos dias, mais actuante e revolucionária do que no tempo em que pela primeira vez subiu ao palco. O século XXI trouxe-nos o Terrorismo, a hegemonia dos Estados Unidos da América (a nova Roma do tempo de Cristo), o mundo super-capitalista e os fundamentalismos religiosos árabes. A ideia de contar a história de Cristo, identificando-a com as grandes audiências de agora, é revolucionária. Aqui estamos, vinte e um séculos mais tarde, talvez a precisar da mensagem desta História, agora mais do que nunca.


Foi uma grande noite... O elenco, a música, a envolvência... Ficam aqui bocadinhos dessa noite, para abrir o apetite...






























Jesus Cristo Superstar... Uma grande noite... E Tu comigo... Obrigada...


***



1 comentário:

Lau* disse...

Eeheheh... eu tb fui ver ;p

Lindo ! =)

Beijo grd Juuu... (ja estava com saudades!) xD